Menu

Fique Por Dentro

19 de março de 2018

Dinis: lideranças e população do Norte de Minas estão unidas em favor da região

O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais Dinis Pinheiro esteve nesse sábado (16/12) em Montes Claros, onde teve diversos encontros para debater temas importantes para o Norte de Minas. Nas conversas com lideranças locais e com a imprensa, Dinis debateu caminhos para a região.

“O Norte de Minas foi esquecido pelo atual Governo do Estado. Os municípios da região estão sofrendo muito com o descaso e a falta de repasses. Só aqui em Montes Claros, o atual Governo de Minas Gerais deve R$ 60 milhões para a área da saúde e R$ 2,3 milhões para o transporte escolar, sem contar a retenção dos repasses do ICMS. Esse dinheiro pertence ao município, à população. O governo estadual está confiscando o dinheiro dos municípios mineiros”, afirmou.

Dinis lembrou ainda que o Governo do Estado deve R$ 6 bilhões para a saúde das 853 cidades mineiras e quase R$ 200 milhões para o transporte escolar.

“Como confiar em um governo que não paga o 13º salário dos servidores, que parcela os salários do funcionalismo, mas ao mesmo tempo paga em dia salários de R$ 70 mil para secretários compadres? Não é essa Minas Gerais que os mineiros querem. Por causa dessa velha política, a população fica assistindo novelas que nunca acabam, como as construções das barragens de Congonhas, Jequitaí e Berizal, que resolveriam os problemas de abastecimento de água na região”, ressaltou Dinis.

Durante a visita a Montes Claros, Dinis participou da abertura do 2º Seminário de Capacitação Voluntariado Empresarial, realizado pela Fundação Credinor (Cooperativa de Crédito Rural do Norte de Minas), visitou o Mercado Central, reuniu-se com presidentes de sindicatos filiados à Fiemg Regional Norte e participou do 22º Encontro da Imprensa do Norte de Minas, realizado pela Associação de Profissionais da Imprensa Mineira (APIM).

União

Durante a agenda em Montes Claros, Dinis também reuniu-se com diversas lideranças políticas, como o prefeito de Montes Claros, Humberto Souto, o vice-prefeito Adauto Marques, o presidente da Câmara Municipal, Cláudio Prates, e vereadores, os deputados Carlos Pimenta, Gil Pereira, Raquel Muniz e Zé Silva, representante do deputado Arlen Santiago, além de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e ex-prefeitos da região. Dinis também conversou com o presidente da Fundação Credinor, Dario Colares, o presidente da APIM, Aldeci Xavier, feirantes, agricultores familiares, jornalistas e cidadãos, que enviaram perguntas para Dinis durante entrevista ao vivo na TV Geraes.

“A população do Norte de Minas não aguenta mais ouvir promessas antigas de que a BR-251, entre Montes Claros e a Rio-Bahia (BR-116) será duplicada, que a MG-479, que liga Januária a Chapada Gaúcha, será asfaltada, e que o Anel Rodoviário Norte sairá do papel. Cadê a construção do Hospital Regional de Montes Claros, conhecido como Hospital do Trauma, que nem sequer teve as obras iniciadas? Em todas as conversas e encontros hoje em Montes Claros, chegamos à mesma conclusão. Chega da velha politicagem! É hora de união em favor de uma gestão pública moderna e que resolva de uma vez por todas as demandas históricas do Norte de Minas”, afirmou Dinis.