http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site5.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site4.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site3.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site2.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site1.jpglink

Estados querem renegociar já dívida com a União

Renegociação pode liberar mais rcursos para os municípios mineiros.

 

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais deu um passo fundamental para forçar a renegociação da dívida dos Estados com a União, ao reunir em Belo Horizonte os presidentes dos principais legislativos estaduais do País e algumas outras autoridades, para aprovar um documento exigindo a "Renegociação Já'. O presidente da Asembleia de Minas, deputado Dinis Pinheiro, destacou que a dívida "é impagável e poderá inviabilizar a gestão dos Estados em muito pouco tempo, se não for encontrada uma solução imediata". No encontro realizado na segunda-feira (13), na Assembleia de Minas, ele exemplificou com a situação de Minas Gerais, cuja dívida inicial, em 1998, era de R$ 11,8 bilhões, o Estado já pagou R$ 25,8 bilhões e ainda assim a dívida cresceu, em dezembro de 2011, para R$ 58,6 bilhões; mantida a atual situação, ao final do contrato, em 2028, o saldo remanescente da dívida de Minas terá chegado a R$ 243 bilhões.

Dinis Pinheiro alerta os prefeitos e vereadores mineiros a entrarem nessa luta, pois a renegociação irá liberar rcursos para novos investimentos no Estado.

Última modificação emTerça, 29 Julho 2014 00:20

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.