http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site5.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site4.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site3.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site2.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site1.jpglink

Capelinha recebe a Reunião de Prestação de Contas Regional

Promovida pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o encontro para Prestação de Contas Regional chegou a Capelinha na tarde desta segunda-feira, 11/03/2013. No encontro, ocorrido na Câmara Municipal de Capelinha (Vale do Jequitinhonha), o presidente da Casa, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), fez um balanço do biênio 2011/2012 e também ouviu sugestão dos participantes, que encheram o plenário da Câmara. “As demandas e desafios são enormes, por isso, para que Minas possa avançar de forma mais eficaz, buscamos uma participação cada vez mais acentuada do povo”, afirmou.

Durante o evento, as reivindicações mais recorrentes foram o asfaltamento de trechos que ligam os municípios de Capelinha a Setubinha e Capelinha a Itamarandiba, para facilitar, além de tudo, o acesso à saúde. Além disso, outro pleito antigo da população, para o qual foi solicitada uma intervenção da Assembleia de Minas, é o tratamento da água e esgoto da região. Segundo o prefeito de Capelinha, Zezinho da Vitalina (PSDB), já foram feitas solicitações formais à Copasa/Copanor, mas até o momento não foram atendidos. 

 

SAÚDE PÚBLICA 

Dinis Pinheiro lembrou também que a saúde pública passa por um momento crítico e o movimento Assine + Saúde, que pretende coletar 1,5 milhão de adesões, para apresentação de um projeto de lei de iniciativa popular ao Congresso, que obrigue a União a investir um percentual mínimo de 10% na saúde, não pode ser negligenciado. Ele ressaltou que as agruras do povo mineiro têm que ser extintas e, para isso, os deputados não medirão esforços. É inadmissível que a União, que detém 70% dos recursos, não invista na saúde pública, e os municípios, que vivem à míngua, seja obrigado a investir 20, 25 e até 30% do seu orçamento”, completou. 

O prefeito de Capelinha, Zezinho da Vitalina (PSDB), ressaltou que o número de pacientes cadastrados na cidade é quase o dobro da população. “Hoje, somos 35 mil habitantes em Capelinha e a lista de usuários do Sistema de Saúde é de 65 mil pessoas. Temos orgulho em ter a Fundação Hospitalar São Vicente de Paulo como referência na região, mas não temos estrutura para atender a toda essa demanda”, informou.  

Além do presidente da Assembleia, compuseram a mesa os deputados estaduais Carlos Pimenta (PDT) e Gustavo Corrêa (PHS), o deputado federal Toninho Pinheiro (PP), o presidente da Câmara de Capelinha, Laerte Barrinha (PHS) e o prefeito de Capelinha, Zezinho da Vitalina (PSDB). 

A Reunião de Prestação de Contas Regional já percorreu dez cidades e os próximos encontros serão em Patrocínio e Uberlândia (14), São Lourenço e Santa Rita do Sapucaí (18), Muriaé (21), Uberaba (22) e, por fim, Varginha e Formiga (25).

Última modificação emSegunda, 28 Julho 2014 23:43

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.