http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site5.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site4.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site3.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site2.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site1.jpglink

Marcha Contra o Crack e Outras Drogas reúne 15 mil pessoas na capital mineira

Marcha Contra o Crack e Outras Drogas reúne 15 mil pessoas na capital mineira Marcelo Metzker

No sábado, 23 de junho, cerca de 30 mil pés marcharam pelas ruas de Belo Horizonte sob o comando de um mesmo objetivo: dizer “não” ao crack e outras drogas que afligem a sociedade. A Marcha contou com a participação de estudantes, deputados, prefeitos da Região Metropolitana, vereadores de Belo Horizonte, líderes religiosos católicos e evangélicos, e entidades da sociedade civil. O trajeto percorrido teve início ao lado do Colégio Estadual Central, no bairro de Lourdes, e teve prosseguimento na Praça Carlos Chagas, conhecida também como Praça da Assembleia, no Santo Agostinho, com apresentações artísticas e momentos de oração. 

Dinis ressaltou a importância do engajamento de toda a sociedade em uma causa tão importante, que, segundo ele, não depende apenas do Estado para que seja resolvida. “O poder público não consegue fazer nada sozinho, precisamos de toda a sociedade", afirmou. "Vamos ajudar as pessoas que entraram pelo caminho errado a encontrar de novo o caminho da vida, da dignidade, da alegria", conclamou o presidente. 

Na Praça Carlos Chagas, o evento foi apresentado pelos jornalistas Carlos Viana, Mônica Miranda e Eduardo Costa. No palco montado no Hall das Bandeiras houve shows com a Banda Dominus, André Valadão, o grupo de Rap, Ergon, além de um depoimento e também apresentação musical do deputado federal, que também é cantor, Eros Biondini (PTB). Ele disse ter tido problemas com drogas em sua juventude, contando que se recuperou com ajuda de comunidades terapêuticas cristãs. 

Entre os deputados estaduais presentes, estavam o presidente da Comissão Especial para enfrentamento do crack, Paulo Lamac (PT); o vice-presidente, Vanderlei Miranda (PMDB); e o relator da comissão, Célio Moreira (PSDB), além do deputado João Leite (PSDB). Também esteve presente o subsecretário de Estado de Políticas sobre Drogas, Cloves Benevides. A Marcha contra o Crack e outras Drogas foi realizada pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais com a parceria do Governo do Estado, da Prefeitura de Belo Horizonte e de mais de 30 entidades ligadas ao combate às drogas.

 

Última modificação emSábado, 26 Julho 2014 18:52

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.