http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site5.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site4.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site3.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site2.jpglink
http://dinispinheiro.com.br/images/banners/banner site1.jpglink
Assessoria

Assessoria

Dinis cobra resolução dos problemas na área de saúde em Minas Gerais

O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais Dinis Pinheiro afirmou, nessa terça-feira (17/10), que é preciso urgentemente resolver os problemas da saúde no Estado. Ele participou do Fórum Pró-Santas Casas (Programa de Financiamento Preferencial às Instituições Filantrópicas e Sem Fins Lucrativos), realizado na sede do Sindicato dos Médicos de Minas Gerais (Sinmed/MG), em Belo Horizonte.
 
O encontro, realizado pela Federassantas (Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de Minas Gerais), teve a presença de representantes de dezenas de hospitais de todas as regiões do Estado. O objetivo do fórum foi esclarecer dúvidas sobre a Lei 13.479/2017, que garante verbas às Santas Casas e aos hospitais filantrópicos, e também reunir as demandas das unidades hospitalares, que passam por grandes dificuldades.
 
Em apoio à causa, Dinis reafirmou ser inadmissível as Santas Casas, os hospitais filantrópicos e os municípios mineiros estarem passando por dificuldades no atendimentos à população.
 
“Minas está vivendo um momento delicado. Somos a segunda maior economia do país e vivemos esse momento em que o atual Governo do Estado deve cerca de R$ 6 bilhões só para a saúde. Não sei se é falta de capacidade administrativa ou se é insensibilidade. O que sei é que se deve priorizar a vida das pessoas, o bem estar de todos e o respeito aos cidadãos”, enfatizou Dinis.
 
O evento contou a presença da presidente da Federassantas, Kátia Regina de Oliveira Rocha, do relator do projeto de lei que define o Pró-Santas Casas, deputado federal Toninho Pinheiro (PP) e do deputado estadual Arlen Santiago (PTB), entre outras autoridades.
 
Cenário no Estado
 
Em Minas Gerais, existem aproximadamente 300 hospitais filantrópicos, com grande importância para a saúde da população, em especial a mais carente. São instituições sem fins lucrativos com serviços de saúde e assistência social, predominantemente direcionados aos usuários do SUS, ao qual dedicam cerca de 60% da capacidade instalada.
 
Os hospitais filantrópicos sobrevivem prioritariamente de recursos públicos, por oferecerem em contrapartida leitos ao SUS e também pela quantidade de procedimentos que realizam. Atualmente, 68,3% de todas as internações geradas para pacientes que dependem do sistema público de saúde em Minas Gerais ocorrem em hospitais filantrópicos.
 

Dinis propõe Estado eficiente e sem privilégios durante palestra em Bom Despacho

O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais Dinis Pinheiro proferiu palestra, nesta terça-feira (17/10), para prefeitos, vereadores, lideranças políticas e servidores na Câmara Municipal de Bom Despacho. Dinis foi recebido pelo prefeito Fernando Cabral (PPS), pelo presidente da Câmara Municipal, Vital Guimarães (PSDB), e demais lideranças políticas da região, entre elas o presidente da Associação Mineira de Municípios, Julvan Lacerda.
 
Dinis falou sobre os desafios que Minas Gerais enfrenta e propôs um modelo de Estado eficiente, que trate como prioridade as áreas essenciais para a população e combata privilégios.
 
“Sonho com um Estado sem privilégios ou regalias. Onde o dinheiro do povo seja verdadeiramente revertido em melhorias na saúde, educação, infraestrutura, saneamento básico. Onde haja verdadeiramente respeito ao dinheiro público”, afirmou.
 
Dinis lembrou do período em que presidiu a Assembleia mineira, quando foram aprovadas medidas como o fim do voto secreto, o corte do pagamento de 14º e 15º salários dos deputados e a extinção do pagamento por participação em sessões extraordinárias.
 
"Implantamos o maior Pacote Ético da nossa história. E não fizemos nada mais do que o nosso dever. É esse tipo de posicionamento que deve nortear nossas ações”, destacou Dinis.
 
Incapacidade administrativa
 
Dinis também criticou a situação das finanças do Estado, que atualmente não consegue fechar suas contas e pagar seus compromissos em dia. 
 
“No próximo ano, Minas Gerais terá um rombo superior a R$ 8 bilhões. O custeio vai passar de R$ 21 bilhões para R$ 25 bilhões. Enquanto isso, o Governo de Minas deve cerca de R$ 6 bilhões na área da saúde para municípios e hospitais filantrópicos. Falta zelo e capacidade administrativa. Governar é estabelecer prioridades”, afirmou.
 
Obras do contorno
 
Após a palestra, Dinis acompanhou o prefeito Fernando Cabral em visita às obras do Contorno de Bom Despacho, iniciadas hoje. A obra municipal fará a ligação da MG 164 com a BR 262. Segundo o prefeito, o Contorno vai desviar o tráfego pesado da cidade e estimular a criação de um distrito industrial no município.
 
 
 

Dinis recebe homenagem no município de Ubaporanga

O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais Dinis Pinheiro recebeu, nesse domingo (08/10), o Título de Cidadão Honorário de Ubaporanga, no Vale do Rio Doce. Dinis afirmou que a homenagem da Câmara Municipal aumenta sua responsabilidade para seguir debatendo as demandas dos mineiros por todo o Estado.
 
“Esse título é símbolo das mudanças sociais que precisamos fazer, da busca dos sonhos que temos em comum, a conquista do bem estar de todos os mineiros. Juntos, vamos fazer de Minas Gerais um Estado de sucesso, admirado e feliz”, ressaltou Dinis ao afirmar que as transformações sociais passam pela prestação de serviços públicos de qualidade.
 
“É direito de todos a saúde, a educação e a segurança. Só aqui em Ubaporanga, o atual Governo do Estado deve R$ 540 mil para a saúde e R$ 358 mil para o transporte escolar. Estamos vendo isso por toda Minas Gerais. A situação é muito preocupante. Não podemos continuar assim”.
 
Homenagem
 
O autor da outorga do Título de Cidadão Honorário a Dinis foi o presidente da Câmara Municipal. A solenidade, que contou com outras homenagens, fez parte dos festejos do 15º Encontro do Ubaporanguense Ausente. Estavam presentes o prefeito do município, Gilmar Rodrigues (PPS), deputados e lideranças políticas e comunitárias da região.
 

Em Curvelo, Dinis defende autonomia dos municípios e prioridades dos cidadãos

O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais Dinis Pinheiro esteve, nesta sexta-feira (06/10), em Curvelo, região Central do Estado, onde participou de encontro da Associação Mineira de Municípios (AMM). 
 
Em sua fala, Dinis defendeu um novo projeto político para Minas Gerais, em que a autonomia dos municípios seja respeitada e as prioridades dos cidadãos prevaleçam.
 
“Precisamos de coragem. Coragem para mudar Minas, para empreender, estabelecer prioridades, ajudar os municípios. Tratar os prefeitos e municípios com respeito, priorizar a saúde e a educação, as grandes demandas da população”, afirmou Dinis.
 
Estavam presentes o presidente da AMM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda (PMDB), o vice-governador Antônio Andrade (PMDB), o prefeito de Curvelo, Maurílio Guimarães (DEM), prefeitos, vice-prefeitos, secretários, vereadores e lideranças da região, além de deputados federais e estaduais.
Assinar este feed RSS